quinta-feira, 3 de junho de 2010

Pedir desculpas é um ato de nobreza



O debate de baixo nível na Assembléia Legislativa do Acre nessa semana foi uma mancha que não reflete o conjunto do parlamento.

E também não reflete o papel da Assembléia Legislativa que, juntas oposição e situação, tem ido aos lugares mais distantes, ouvindo os clamores da população e abrindo suas portas para os sindicatos e setores mais humildes do povo.

A população está censurando esse episódio lamentável e confiando que o parlamento volte ao normal na semana que vem, com a oposição e a situação fazendo cada uma o seu papel.

Cada um tem o direito de atacar ou defender o governo, como vem ocorrendo desde o início da legislatura.

Mas, não precisa de palavrão e de desrespeito aos colegas parlamentares. Essa é a opinião das ruas. E eu vou ficar do lado da opinião pública.

Se eu fosse um dos deputados que protagonizaram aquelas cenas deprimentes, eu pedia desculpas à população.

Não custa nada pedir desculpas. É um ato de nobreza.







Um comentário:

joanadarcativistadh disse...

DEPUTADO MOISÉS DINIZ,GRANDEZA
TAMBÉM É O RECONHECIMENTO DE QUE
'AS RUAS...A POPULAÇÃO...FALAM...'
VOSSA EXCELÊNCIA SABE QUE SOU PORTA
VOZ DE ALGUMAS DESSAS VOZES DE RUAS
E,O SEU IRRESTRITO RECONHECIMENTO,
TRADUZIU FIELMENTE ESTES ECOS!!!
FELICITO-O POR 'OUVIR E REPRODUZIR'
POIS,DESTA MANEIRA,DEPUTADO MOISÉS,
OS CIDADÃOS ELEITORES SE VÊEM !!!
JOANA D'ARC VALENTE SANTANA